Início >> Noticia >> Seaster realiza formação para técnicos e gestores municipais de assistência social
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Seaster realiza formação para técnicos e gestores municipais de assistência social

Fortalecer a intersetoralidade do Cadastro Único (CadÚnico) é o objetivo da Secretaria de Estado de assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster). Por isso, a secretaria realiza a Formação de Gestão do CadÚnico e o Programa Bolsa Família (PBF). O curso, iniciado na segunda-feira (17), é voltado para técnicos, coordenadores e gestores municipais. A capacitação está sendo realizada na Fundação Getúlio Vargas, em Belém, e encerra nesta sexta-feira (21). 
 
De acordo com o Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), O CadÚnico é uma valorosa ferramenta de conexão na rede de promoção e proteção social. Melhor dizendo, é um instrumento de identificação e caracterização socioeconômica das famílias brasileiras de baixa renda, que pode ser utilizado para diversas políticas e programas sociais do Governo Federal. Já o Bolsa Família é a mais importante das políticas sociais do governo brasileiro e é hoje o maior programa de transferência de renda do mundo. O principal intuito é auxiliar as famílias que se encontram em situação de pobreza e de extrema pobreza a terem condições de vida mais dignas e que não sofram com a desigualdade social em nosso país.
 
Logo, a capacitação pretende aprimorar e atualizar o conhecimento dos técnicos e gestores para que possam exercer suas funções com qualidade e eficiência. Sua atuação é, portanto, essencial para o bom funcionamento do Cadastro Único e do PBF. Pois, são eles que coordenam as equipes e as atividades a serem desenvolvidas e definem estratégias de ação conforme as diretrizes do Governo Federal. Além disso, a atividade possibilita a troca de experiências das práticas cotidianas entre técnicos gestores das diversas regiões do Estado.
 
Mais de 50 coordenadores, técnicos e gestores municipais estiveram presentes no curso feito no polo Belém. Esta preparação fecha o ciclo de capacitações desenvolvidas nas 12 regiões do Pará. As demais capacitações foram ofertadas nos polos de Santarém, Marabá e Altamira.